Acessos ao Blog

segunda-feira, 27 de junho de 2011

Alimentação aconselhada p/exoticos

Alimentação aconselhada p/exoticos.....

Mensagem  Ferreira em Sab Jul 10, 2010 12:57 pm
Bom dia Joel Araujo.
Sim de facto tinha dito para misturar por cada saco 5kg de milho alvo amarelo e 1kg de milhête japonês mas pensando que as misturas da Versele-Laga não tivessem sofrido alterações.
A alimentação base dos Goulds são os milhos alvo (amarelo, branco, vermelho) assim como alpista e o milhête japonês e todas as misturas Versele-Laga alteraram para a semente principal o milho painço por ser mais barata, das duas uma, ou compra as sementes individualmente como eu faço e misturo em casa ou então tem que juntar a essa de compra por cada saca o seguinte:
20kg de milho alvo amarelo
10kg de milho alvo branco
2kg de milho alvo vermelho
20kg de alpista
3 kg de milhête japonês
0,5kg de niger (semilha
O milho painço não é próprio para a criação de Goulds, se não tiverem mais nada comem-no mas na criação vão-se a baixo.
Outra coisa muito importante é fazer-se uma quantidade de mistura de modo que dê para a época toda de criação uma vez que os Goulds são muito sencíveis há alteração das misturas e ás próprias sementes (por exemplo uma remessa ser originária do Canadá e a outra a seguir ser originária da China), entram em muda, para as posturas, os machos deixam de galar.
Quanto a esquema vitamínico, dou 5 dias seguidos por mês 5 gotas por cada 100ml de água.
Para arranque, em fins de Agosto dou durante uma semana 20 gotas de Cálcio Colina para 100ml de água, 2 dias água limpa e mais uma semana Cálcio Colina (para derreterem banhas), em meados de Setembro dou 5 dias seguidos 6 gotas para 100ml de água de Seriferol (Vitamina-E), 2 dias água limpa e mais 5 dias Seriferol.
MUITO IMPORTANTE não dar o Complexo AD3E porque a VITAMINA-A em excesso mata os Goulds.
Quanto há papa, se tiver possibilidades compre papa humida Witte Molen mas saca azul porque não é tanto desfarelada, se não arranjar pode dar saca amarela.
Pode vir a minha casa quando quiser mas se calhar não está a ver onde fica Vendas Novas, para aqui vir tinha que fazer outros tantos quilómetros de Vila da Feira a Leiria lol!
Quanto hás fotos pode metê-las aqui, qualquer das maneiras aqui vai uma das minhas direcções, ferreira_vn@hotmail.com

Um abraço, Ferreira

Sifão simples


Sifão simples

Mensagempor Alexandre Altieri em 09 Ago 2005, 02:46
Beleza...

Um colega meu do trabalho resolveu montar um aquário, falei pra ele sobre a importância da sifonagem mas ele desanimou com o preço do sifão na loja, então resolvi ajuda-lo e fotografei a montagem (que é bem simples) para postar aqui...

Sifão simples.

Material:
um bebedouro para pássaros (+/- R$1,20)
um metro e meio de mangueira (+/- R$1,20)


O corpo desse bebedouro para pássaros tem um formato que pode ser aproveitado para ser o copo do sifão...
Imagem


Basta retirar as partes plásticas...
Imagem


Furar com furadeira a parte superior do copo, iniciando com a broca fina e aumentando gradativamente a grossura da broca para não rachar...
Imagem


Ai é só encaixar a mangueira...
Imagem

É bem simples, mas derrepente alguém pode estar procurando um projetinho assim :D , custa aproximadamente 4X menos que o industrializado...

O furo do copo fica menor que o do industrializado, dessa forma acho que é apropriado para aquas pequenos e médios...

Até mais.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Vinagre de maçã ou sidra

Sexta-feira, 27 de Abril de 2007

Vinagre de maçã ou sidra
O vinagre de sidra é um produto muito fácil de encontrar, em qualquer supermercado, mercearia ou mesmo ervanária.
É um produto natural que muitas pessoas utilizam no tempero de saladas e outros alimentados.
Quanto à parte ornitológica, o vinagre de sidra, faz o mesmo efeito que a colina. Este, conte uma substancia à qual se dá o nome de “coilina”.
Já se sabe que os problemas hepáticos nas aves, muitas vezes são provocados por excesso de gordura no fígado, a alteração do pH da flora intestinal (parte que protege o estômago) causa frequentemente infecções.
Quanto as aves estão demasiado gordas, por norma costuma-se utilizar "colina" e fazer uma dieta de sementes brancas e retirar os suplementos (papas).
Quase todas as sementes têm gordura, umas mais que outras. As sementes ditas sementes pretas (cânhamo, nabo, níger, etc.) são muito ricas em (gordura). As aves mais gulosas, acabaram por dar problemas, deixam de comer a mistura que lhe damos e escolhem as pretas, por serem mais (doces).
Os primeiros sintomas visíveis são: fadiga mesmo em pequenos vôos e prostrando-se no fundo da gaiola embolados, deixam por fim de comer e assim inevitavelmente morrem.
A utilização do vinagre de sidra durante alguns períodos do ano resolver muitos dos problemas a que me referi.
O vinagre contem uma substancia “coilina” que é de grande eficácia quando ingerida pelas aves, fixa-se nas paredes musculares internas do estômago, protegendo-o, fortalecendo-o e regulariza o pH. Assim pode facilitar a digestão e eliminar gorduras.
Como se deve utilizar: uma colher de sopa cheia (10ml) por cada litro de água, duas vezes por semana.
Como curiosidade. Há criadores que juntam o vinagre de sidra na água do banho sendo que a sua acidez tem propriedades anti-sépticas. As plantas e frutos são utilizados na natureza por muitos animais selvagens como anti-séptico para evitar muitas moléstias pragas.

Alimentação com couscous!!!???

Alimentação com couscous!!!???

Moderador: http://forum.avespt.com/viewtopic.php?f=49&t=1463Armando Moreira
Mensagempor Jorge Quinteiro » sexta Oct 26, 2007 11:39 am
Li em alguns sites franceses e espanhois que, muitos criadores utilizam os couscous na alimentação dos seus psitacideos.
Dizem inclusivamente, que são optimos para dar vitaminas e humedecerem as papas, para além de serem nutricionalmente muito bons.
Colocam a remolhar em água com vitaminas e, ao incharem com a água, absorvem as vitaminas.
Quais são as vossas opiniões?
Jorge Quinteiro
 
Mensagens: 31
Registado: segunda Oct 15, 2007 7:19 pm

Mensagempor Dolfo » sexta Oct 26, 2007 12:01 pm
Bom dia,

Eu uso regularmente o couscous na alimentação dos meus psitacídeos, sobretudo com crias.

É de facto útil para humedecer papa de ovo, por exemplo, e também é útil para dar a crias em fase de desmame para as ir habituando a outra coisa que a papa de criação, até para misturar com legumes.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1243
Registado: quarta jan 24, 2007 10:56 pm

Mensagempor Jorge Quinteiro » sexta Oct 26, 2007 12:08 pm
Dolfo

Usas o couscous remolhado ou cozido?
Jorge Quinteiro
 
Mensagens: 31
Registado: segunda Oct 15, 2007 7:19 pm

Mensagempor Dolfo » sexta Oct 26, 2007 12:21 pm
Jorge,

É simples.
Ponho 1 certa quantidade de sémola (os grãozinhos do couscous) num recipiente.
Ponho água a ferver.
Quando a água está a ferver, verto para dentro do recipiente onde estão os grãos de couscous, até cobrir, e como aquilo incha, ponho mais um bocado (a boa quantidade de água é 1 questão de prática, nem sempre se acerta, mas pode-se sempre depois acrescentar 1 pouco de água se ficar muito seco) acima do nível do couscous.
Tapo o recipiente e deixo inchar (cozer, no fundo) durante 5-6 minutos.
Tá pronto.
É só deixar arrefecer para servir à passarada.
O que sobra pode-se inclusive ou guardar dois ou três dias no frigorífico, ou mesmo congelar em pequenas porções prontas a descongelar e servir quando for conveniente.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1243
Registado: quarta jan 24, 2007 10:56 pm

Mensagempor Dolfo » sexta nov 02, 2007 11:13 pm
Jorge,

Serviu para alguma coisa a receita? Já experimentastes dar ás aves?
Que tal a aceitação?

Algum feedback é sempre bem vindo.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1243
Registado: quarta jan 24, 2007 10:56 pm

Mensagempor Jorge Quinteiro » sábado nov 03, 2007 4:09 pm
Para já não lhe estão a pegar muito bem. Mas vou insistir!
Jorge Quinteiro
 
Mensagens: 31
Registado: segunda Oct 15, 2007 7:19 pm

Mensagempor Dolfo » domingo nov 04, 2007 1:25 pm
Pois, não tendo sido habituados de novos, pode haver alguma resistência.
É uma questão de o misturares com algo que elas gostem, quer sejam legumes, ou fruta, ou papa de ovo, por exemplo.

Outra coisa que algumas das minhas aves apreciam são flocos de aveia. Cozidos em água, e sem sal, claro.
Também é bastante saudável.

Dolfo
Dolfo
*****
 
Mensagens: 1243
Registado: quarta jan 24, 2007 10:56 pm

Mensagempor abcd » terça dez 11, 2007 11:43 am
Dolfo

Estou sempre á espreita pelas tuas dicas :D :D
vou ver se os meus tambem aceitam, junto os couscous com a gema do ovo cozida pra ver se gostam.

cumps
Nuno Lima
Avatar do Utilizador
abcd
***
 
Mensagens: 153
Registado: quinta nov 09, 2006 7:09 am

Mensagempor Canaril Araújo » terça dez 11, 2007 6:43 pm
Boas Noites a Todos

Eu também uso cuscus mas de maneira diferente, com água fria e numa certa quantidade de cuscus adiciono o dobro da água, sai sempre bem.

Quando dou complexos vitaminicos junto com o cuscus, aciciono apenas a quantidade certa, para a água que utlizar, ( ou seja se utilizar 100ml de água apenas adiciono a quantidade de produto recomentada pelo fabricante para os 100ml) poupa-se nos produtos e não há desperdicios eles comem tudo.

Cumprimentos
João Araújo
Avatar do Utilizador
Canaril Araújo
 
Mensagens: 46
Registado: sábado abr 07, 2007 4:41 pm
Localização: Covilhã

Mensagempor Dolfo » quarta dez 12, 2007 6:37 pm
abcd Escreveu:Dolfo

Estou sempre á espreita pelas tuas dicas :D :D
vou ver se os meus tambem aceitam, junto os couscous com a gema do ovo cozida pra ver se gostam.

cumps


Boa noite,

Obrigado Nuno, pelas palavras simpáticas.

É sempre bom saber que há quem leia ou se interesse pelo que de útil cá se vai postando :wink:

Juntar com gema de ovo é uma excelente ideia, mas não te esqueças que o ovo se deteriora muito rápidamente, e como tal não deves deixar essa mistura durante muito tempo na(s) gaiolas(s). Quer tenham comido tudo ou não, aconselho-te a retirares o que eventualmente sobrar ao fim de 2-3 horas.

Cumprimentos,

Dolfo

Granulados, sementes ou ambos?

Mensagempor AvilandiaPT » sábado dez 04, 2010 6:25 pm
Olá,

O uso de granulados já tem alguns (largos anos) tendo surgido lá pelos anos 80. Nessa altura tinha como principal alvo os psitacídeos e grande/médio porte em particular como animais de estimação.
Desse sector avançou para as aves de criação. Normalmente o criador vendia a ave, com um certo alimento porque era muito mais fácil "controlar" a dieta que quem comprou a ave ia usar. É preciso ver que na altura a alimentação destas aves levantava muito problemas e existia menos informação do que hoje em dia.
Como no resto do mundo (extra-EUA) o mercado de aves de grande porte como animais de estimação é menos significativo (aliás é exactamente o inverso) surgiu uma tendência já nos anos 90 de adaptar estes alimentos a outros tipos de aves.
Com a experiência o que se tem verificado é que, ao nivel da criação, cada vez mais criadores vêem os granulados como mais um alimento complementar e não o usam a 100% da dieta.

Na minha opinião são alimentos muito interessantes para serem usados como complementos, não como alimento único. Este assunto aliás já foi debatido aqui no fórum.No caso particular de aves pequenas, existem dezenas de comportamentos diferentes em termos alimentares. Se o criador observar as suas aves percebe (sobretudo nos exóticos) que mesmo as misturas comerciais por vezes necessitam de alguns ajustes. Aquilo que é vendido como mistura para "exóticos" é apresentado para dezenas de espécies com hábitos alimentares que podem ser bastante diferentes. Claro que com o tempo se vão criando aproximações e as aves adaptam-se a dietas mais regulares e menos variadas, mas dai a usar "ração".

Do ponto de vista nutricional são realmente interessantes, mas basta observar que algumas aves vivem bem com dietas de granulados e depois, por exemplo, não alimentam as crias com eles. O mesmo se passa com as papas, cuja utilzação é muito mais antiga e comum do que os granulados em aves de pequeno porte.

Resumindo, na minha opinião, granulados não são apara usar como dieta a 100%. Podem ser utilizados mais facilmente em aves de estimação (mais controlo nutricional, maior facilidade de suplementação) do que em aves de criação (maior necessidade de ajustes nutricionais ao longo do ciclo, baixo estimulo comportamental). Em aves de pequeno porte são mais uma alternativa como complemento.

As aves insectivoras, por questões de comportamento alimentar, aceitam mais facilmente novos tipos de alimentos do que os granívoros. Além disso, o seu alimento em cativeiro é radicalmente diferente do natural (insectos vivos vs. papas/granulados) portanto usar alimentos complementares acaba por ser uma necessidade. Mesmo assim quando se fala em reprodução, surge sempre a utilização de alimento vivo (ou próximo), novamente por questões comportamentais.

Digam o que disserem, como dizem os outros, eu até aceitava facilmente que um "comprimido" pudesse ter o mesmo valor nutricional de uma bela entremeada na brasa. Poder podia, mas não era a mesma coisa...

Cumprimentos,

O Uso do Alho nas Aves

Artigo muito interessante retirado do fórum do Aves PT sobre o uso do Alho na alimentação de Aves.

Alho

Moderador: Armando Moreira
Editado pela última vez por Armando Moreira em terça jul 15, 2008 5:51 pm, num total de 1 vez.
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1052
Registado: sábado Oct 14, 2006 6:38 pm
Localização: Maia - PORTUGAL

Mensagempor rjjm » sexta jul 11, 2008 5:21 am
Boas para todos

amigo armando utilizo alho com (abundância 2 dentes de alho por kg de papa) nas papas que faço para as minhas aves e elas não tenhem qualquer problema em relação ao cheiro ou sabor ja agora o alho esta repleto de óleos essenciais sulfurosos podendo ser considerado mesmo como uma dádiva de deus uma ves que mata bactérias dilui e purifica o sangue e um fortificante e um estimulador dos sentidos assim como o afrodisíaco por excelência para humanos muitos criadores com quem tenho falado ja utilizam o alho uma vez que tem qualidades de destruição de vermes e pode ser utilizado como substancia fortificante anti-séptica e bactericida com fortes componentes antibióticos

vou trabalhar :evil: que isto dos passarinhos não e vida :wink:

fiquem bem
rjjm
Site Admin
 
Mensagens: 235
Registado: sexta nov 17, 2006 4:50 pm
Localização: Maia

Mensagempor Edu Matos » sexta jul 11, 2008 5:36 pm
Boas a todos.
Amigo Armando, sempre utilizei alho mencionei-o no blog não sei se reparou, e digo mais, todos os criadores de aves silvestres que conheço, e mantenho contactos abusam do alho, o alho é útil nos parasitas intestinais e não só. Tambem sei que muitos criadores utilizam alho em pó nas papas, por isso estou de acordo com tudo que disse o amigo Machado. A verdade é que, os passaros duram muitos anos com este género de tratamento. Assim fossem todos os tratadores mas enfim, tambem existem aqueles que preferem as mistelas dos tratamentos químicos, esses não vão a lado nenhum.
Cumprimentos.
Edu Matos.
Avatar do Utilizador
Edu Matos
***
 
Mensagens: 181
Registado: quarta abr 16, 2008 5:40 pm
Localização: Porto

Alho

Mensagempor Armando Moreira » sexta jul 11, 2008 9:14 pm
:D Ola a Todos!

Desculpem eu insistir no tema, mas o que enriquece os foruns é a troca de experiencias pessoais.

Matos, e Machado (criadores de fringilideos), Obrigado pelas vossas respostas.

De facto Edu, no seu blog existe uma referencia ao alho, mas não explica como o utiliza.

Pelas leituras que eu tenho feito e pela informação recolhida, o alho pode ser fornecido as nossas aves de várias maneiras.

1- Dente de alho cru, atracado nas grades das gaiolas ou viveiros, as aves penicam.

2-Mergulhado na agua do bebedouro, vai dar origem a uma infusão de alho.

3-Misturado na papa.(Segundo rjjm dois dentes de alho por kg de papa.)

Agora o que me falta é saber as quantidades e a frequencia que deve ser dado nos 3 itens anteriores.

Há ja me esquecia, também sei que os colombófilos usam um azeite ou óleo de alho e que também alguns criadores de canários usam para humedificar as papas secas.

a) Agora pergunto se existem outras maneiras de fornecer alho as aves.

b) Que diferenças notaram a partir do momento que usaram o alho, na alimentação das aves.

Cordiais cumprimentos a todos, :)


PS:(De facto o alho tem muitas virtudes medicinais. Estou a pensar usar também nos meus canários.)
Armando Moreira
Site Admin
 
Mensagens: 1052
Registado: sábado Oct 14, 2006 6:38 pm
Localização: Maia - PORTUGAL

Alho

Mensagempor Edu Matos » sábado jul 12, 2008 8:28 am
Olá a todos!
Amigo Armando, eu vou pegar nas palavras do amigo Machado. O que ele diz em relação ao alho é absolutamente verdade, ele diz o alho está repleto de óleos essenciais, mata bactérias e purifica o sangue. Ora bem, se purifica o sangue é bom para muda da pena, se queremos uma pena sedosa e bonita utilizamos o alho. O alho pode ser utilizado como substancia fortificante anti-séptica e bactericida com fortes componentes antibióticos. Posso-lhe dizer, nunca utilizei produtos químicos, para os vermes intestinais nunca dei, estes são controlados pelo alho que utilizo em infusão frequentemente. O Armando diz, o alho pode ser fornecido as nossas aves de várias maneiras. Sim é verdade, mas o importante não é as várias maneiras, o importante é dar-lhes continuamente, seja em infusão, ou nas papas. Eu dou uma vez por semana um chazinho as minhas aves sempre fiz isso, e dou outros e principalmente um de raiz dente-de-leão uma vez por mês. O Armando pergunta que diferença nota nas aves olhe, principalmente saúde, pena sedosa, e naturalmente os parasitas intestinais controlados.
Cumprimentos.
Edu.Matos
Avatar do Utilizador
Edu Matos
***
 
Mensagens: 181
Registado: quarta abr 16, 2008 5:40 pm
Localização: Porto

alho

Mensagempor carlos de matos » sábado jul 12, 2008 6:03 pm
Tenho lido com atenção os comentários sobre a utilização do alho e, sinceramente não sei se nas aves ele é ou não muito vantajoso... acredito que sim e passo a explicar porquê.
Há anos que eu como, por dia com as refeições, 2 ou 3 dentes de alho cru desde o dia em que o médico me disse que tinha de tomar comprimidos para baixar a tensão arterial. O alho foi-me aconselhado por amigos e ... surpresa!!! A partir do momento que comecei a come-los com regularidade baixei a tensão arterial, o colesterol também mas a grande diferença que noto é que muito raramente me constipo passando invernos inteiros sem saber o que é gripe ou constipação!
Peço desculpa aos amigos do forum por tanto texto, mas achei importante contar-vos a minha experiência pessoal.
CONCLUSÂO: Se me faz bem a mim também deve fazer às aves

Saudações amigas

Carlos de Matos
carlos de matos
***
 
Mensagens: 98
Registado: terça nov 27, 2007 8:54 pm
Localização: Guarda - Portugal

Mensagempor ruirocha » quarta mar 11, 2009 10:20 pm
Boa noite!

acho esta questao do alho muito interessante, no entanto gostava de saber como é que o alho é servido aos canários:

Em água é cozido ou cru? fica tipo chá?

Na papa é esmagado.. e não oxida? quanto tempo aguentam as papas com o alho esmagado sem se deteriorar?

Obrigado pelas dicas!

Rui
ruirocha
 
Mensagens: 28
Registado: terça jul 10, 2007 11:22 pm
Localização: Porto

Mensagempor Luis Grencho » quinta mar 12, 2009 9:01 am
Boas.
Eu dou +/- 1 colher de chá em 1/2 kg de papa de cria , o alho compro umas saquetas que se vendem nos supermercados tipo ralado muito fino e as aves pegam na papa sem problema.
Cumprimentos.

Luis Grencho

Criação Agapornis Roseicollis
STAM BZ081

http://rosibird.webnode.com.pt/
Avatar do Utilizador
Luis Grencho
*****
 
Mensagens: 739
Registado: sábado fev 23, 2008 10:33 pm
Localização: Benavente

Re: Alho

Mensagempor fidelis » quinta jan 13, 2011 12:10 pm
Boa tarde, amigos

Relativamente ao tópico muito já se disse e por isso não vou acrescentar muito.
Eu uso alho em pó, na papa dos canarios. Por cada kilo de papa, neste caso papa Prima, adiciono uma carteira de alho ém pó, ou alho picado, cerca de 25 a 30 ou 50 grs. não me lembro bem.
É o suciente. Misturar muito bem com a papa. Nessa mesma papa adiciono ainda probiotico em pó e vitamina em pó.
Tudo isto em 1 kilo de papa.
Na papa corante vermelha faço o mesmo.
Agradecia aos mais velhos comentarios pois ainda só tenho 2 anos de criar canários, apesar de já ter sido columbófilo e todos os dias se aprende.
Cumprimentos

Sérgio Silva
STAM CZ84 FPO

Raças:
Negros Vermelhos Mosaicos
Castanhos Vermelho Mosaicos
Satinés Vermelho Mosaico
Lipocromos Amarelo Mosaico
Outros....

http://canariosdosilva.webnode.pt/
fidelis
 
Mensagens: 7
Registado: segunda nov 08, 2010 11:10 am

Re: Alho

Mensagempor fidelis » quinta jan 13, 2011 12:21 pm
Boa tarde,
Continuando ainda a conversa anterior, esuqeci-me de dizer que o alho pode ser ainda utilizado colocando-se 1 alho aberto num litro de agua, durante 20 a 24 horas.
No dia seguinte da~se a agua aos passaros e renova-se a agua e o dente de alho.
Também já utilizei este sistema. Resultados não posso dizer que os tenha, mas o que é é certo é que os meus passaros fizeram uma muda saudável, não tendo tido passaros doentes e até engordaram, pois descuidei-me com a comida.
Até breve.
Cumprimentos

Sérgio Silva
STAM CZ84 FPO

Raças:
Negros Vermelhos Mosaicos
Castanhos Vermelho Mosaicos
Satinés Vermelho Mosaico
Lipocromos Amarelo Mosaico
Outros....

http://canariosdosilva.webnode.pt/
fidelis
 
Mensagens: 7
Registado: segunda nov 08, 2010 11:10 am

Re: Alho

Mensagempor Nélio Clemente » quinta jan 13, 2011 4:38 pm
Podemos dar o chá de alho as novas aves quando elas estão a criar? não há qualquer problema?
Eu já chegei a dar em tempos, colocava um dente de alho aberto numa garrafa de 1.5l de agua durante um dia , no dia seguinte dava as aves, mal não lhe fez :)
Avatar do Utilizador
Nélio Clemente
*****
 
Mensagens: 559
Registado: sexta jun 25, 2010 6:46 pm
Localização: Ourém/Fátima

Re: Alho

Mensagempor AvilandiaPT » quinta jan 13, 2011 7:32 pm
Caro Armando,

As propriedades do alho são há muito conhecidas. Além de várias vitaminas (A, Bs, C) alguns aminoácidos e o teor de enxofre bio-disponível uma das substâncias mais importantes do alho é a alicina que se liberta quando este é esmagado. Por isso os extractos de alho ou formas em pó são mais eficazes (e concentradas). Chás e infusões de alhos inteiros não libertam as mesmas quantidades deste composto que tem propriedades estimulantes e anti-microbianas. Além disso, os compostos sulfurados não se dão muito bem com a àgua. Este composto também é bastante volátil dai o cheiro forte do alho quando é esmagado.
O melhor exemplo do efeito do alho é a sua acção nas diarreias.
Em relação a quantidades recomendadas, sinceramente nunca encontrei dosagens específicas. Penso que existem algumas experiências que li em tempo realizadas no Brasil em aves de engorda. Para as nossas aves conheço alguns produtos que incluem alho, extractos ou derivados de alho mas puro não faço ideia de dosagens. Será um daqueles casos que depende da sensibilidade de cada um. Atenção aos produtos de alho vendidos para cozinha porque alguns contém outros ingredientes.
Pela minha experiência o gosto do alho pode influenciar o consumo de alimento e não acredito que quantidades elevadas tragam grandes diferenças nos resultados. Mas é realmente interessante pelo efeito a nível intestinal.

Cumprimentos,
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 553
Registado: domingo Oct 15, 2006 4:26 am
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Alho

Mensagempor Nélio Clemente » sexta jan 14, 2011 4:23 pm
AvilandiaPT Escreveu:Caro Armando,

As propriedades do alho são há muito conhecidas. Além de várias vitaminas (A, Bs, C) alguns aminoácidos e o teor de enxofre bio-disponível uma das substâncias mais importantes do alho é a alicina que se liberta quando este é esmagado. Por isso os extractos de alho ou formas em pó são mais eficazes (e concentradas). Chás e infusões de alhos inteiros não libertam as mesmas quantidades deste composto que tem propriedades estimulantes e anti-microbianas. Além disso, os compostos sulfurados não se dão muito bem com a àgua. Este composto também é bastante volátil dai o cheiro forte do alho quando é esmagado.
O melhor exemplo do efeito do alho é a sua acção nas diarreias.
Em relação a quantidades recomendadas, sinceramente nunca encontrei dosagens específicas. Penso que existem algumas experiências que li em tempo realizadas no Brasil em aves de engorda. Para as nossas aves conheço alguns produtos que incluem alho, extractos ou derivados de alho mas puro não faço ideia de dosagens. Será um daqueles casos que depende da sensibilidade de cada um. Atenção aos produtos de alho vendidos para cozinha porque alguns contém outros ingredientes.
Pela minha experiência o gosto do alho pode influenciar o consumo de alimento e não acredito que quantidades elevadas tragam grandes diferenças nos resultados. Mas é realmente interessante pelo efeito a nível intestinal.

Cumprimentos,


Boas.

Mencionas que "Chás e infusões de alhos inteiros não libertam as mesmas quantidades deste composto que tem propriedades estimulantes e anti-microbianas. Além disso, os compostos sulfurados não se dão muito bem com a àgua" Se assim é não devemos fazer tipo chá, ou seja colocar um alho cortado dentro de uma garrafa com agua durante 24h.
Então como devemos usar o alho?
Avatar do Utilizador
Nélio Clemente
*****
 
Mensagens: 559
Registado: sexta jun 25, 2010 6:46 pm
Localização: Ourém/Fátima

Re: Alho

Mensagempor AvilandiaPT » sexta jan 14, 2011 6:15 pm
Olá Nélio,

Não foi bem isso que eu disse.
Pode fazer-se chás e infusões á vontade e também têm as propriedades benéficas do alho. O que se passa é que um dos principais compostos activos, a alicina, é libertado quando o alho é esmagado, ou melhor em parte forma-se numa reacção quimica que acontece com esse esmagamento. Por isso usar alho esmagado, ralado ou em pó é mais eficaz porque permite maiores concentrações de alicina.
Reparaste no cheiro do que destes aos teus? :)

Cumprimentos,
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 553
Registado: domingo Oct 15, 2006 4:26 am
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Alho

Mensagempor Nélio Clemente » sexta jan 14, 2011 6:34 pm
AvilandiaPT Escreveu:Olá Nélio,

Não foi bem isso que eu disse.
Pode fazer-se chás e infusões á vontade e também têm as propriedades benéficas do alho. O que se passa é que um dos principais compostos activos, a alicina, é libertado quando o alho é esmagado, ou melhor em parte forma-se numa reacção quimica que acontece com esse esmagamento. Por isso usar alho esmagado, ralado ou em pó é mais eficaz porque permite maiores concentrações de alicina.
Reparaste no cheiro do que destes aos teus? :)

Cumprimentos,


Sim reparei, não cheirava lá muito bem e sabia ainda pior :mrgreen:
Ontem ao ver o tópico fui fazer e hoje dei-lhes, não sei como conseguem beber aquilo :lol:
Podemos dar quando estas estão a alimentar as crias?

Alho

Moderador: Armando Moreira

Re: Alho

Mensagempor AvilandiaPT » sábado jan 15, 2011 7:59 am
Olá,

Pois, esse gosto e cheiro é precisamente do alho. :o
Sim, não há problema em usar nas crias. O único inconveniente é mesmo termos de ter atenção ao equibrio do gosto, porque em quantidades muito elevadas começam a comer menos e, por consequência, a dar menos alimento às crias.
Como se costuma dizer "o que é demais..." Mas isso aplica-se a todos os alimentos e aditivos. É o mesmo problema que referi com a soja, levedura e afins. Lá por um alimento ter qualidades boas não quer dizer que se possa exagerar. Esse é o inconveniente de muitos produtos "naturais". Têm concentrações tão baixas de componentes activos que é necessário fornecer grandes quantidades para terem efeito. Os extractos e concentrados apareceram precisamente para resolver esse problema. Aliás, essa é a mesma base que usamos nos medicamentos. A grande maioria deles são, por base, principios activos naturais que são concentrados.

Respondendo à tua outra questão que me passou. A influência do alho na qualidade de plumagem está relacionada com os compostos sulfurados do alho. O enxofre é um componente importante da plumagem. O complicado é arranjar formas de enxofre que os animais possam absorver eficazmente. Em particular no caso dos aminoácidos sulfurados (metionina, cisteina - um dos principais constituintes da plumagem) que ou são apenas parcialmente solúveis em água ou apresentam reacções com a àgua que alteram a sua capacidade funcional. Como o alho tem alguns compostos sulfurados quelados fornece enxofre de uma forma que as aves conseguem assimilar.

Cumprimentos,
Avatar do Utilizador
AvilandiaPT
*****
 
Mensagens: 553
Registado: domingo Oct 15, 2006 4:26 am
Localização: Benavente - PORTUGAL

Re: Alho

Mensagempor Nélio Clemente » domingo jan 16, 2011 9:10 am
Por exemplo, eu tenho alho em pó daquele de cozinha "margão" em meio litro de agua quantas colheres devo colocar?
Avatar do Utilizador
Nélio Clemente
*****
 
Mensagens: 559
Registado: sexta jun 25, 2010 6:46 pm
Localização: Ourém/Fátima