Acessos ao Blog

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Ninhos para aves exóticas

Ninhos para aves exóticas

É mais que certo, que cada criador escolhe os ninhos com os quais obtém melhores resultados.
Caixa, em corda, fechados ou abertos (tipo canário), o que todos pretendemos é que as nossas aves se reproduzam em nossas casa. Esta matéria é dedicada a todos que estão no início e ainda não sabem bem o que comprar como vista a preparar todos os materiais para a reprodução deste tipo de aves.
Algumas exemplos de aves que podem criar neste ninhos: Diamante de Gould, Bengalim, Mandarim, Diamante Estrela, Freirinhas, Bicos de Chumbo, Pardal de Java, Diamante Papagaio, Diamante Tarimbar, Modesto, Babette, Degolado entre muitos outros.

Um ninho é uma estrutura construída pelas aves e alguns outros animais para ali porem os ovos e fornecerem protecção aos recém-nascidos.
Os ninhos fazem parte da genética das aves, estas são capazes de os fazer sem que para isso tenham que ser ensinadas por outras.

Os ninhos das aves na Natureza, são por norma construídos em árvores ou arbustos ao ar livre com a forma de uma taça, plataforma, prato, em muitos casos algumas espécies de aves optam por escolher árvores com pequenos buracos abandonados onde nidificam.

A sua construção é em geral constituída por pequenos ramos, ervas, pequenos pedaços de lã, vários tipos de fibras, vários tipos de musgo, pelos de animais ou outros materiais, muitas vezes "acolchoados" com penas macias do seu próprio corpo ou outras que encontram nos jardins e quintais.
A criação de aves ornamentais pode ser uma actividade prazerosa e (lucrativa), para que tal se torne uma realidade devemos estudar e ler um pouco dos hábitos de nidificação das espécies que pretendemos manter e criar em cativeiros, deste modo poderemos obter bons resultados.

Este artigo pretende ajudar de alguma forma todos aqueles que se estão a iniciar na criação de aves exóticas, especificamente aves que preferem nidificar em ninhos fechados. Estes devem de alguma forma ser atractivos para que as aves se sintam motivadas a adapta-los como sua ninho (casa).
Por norma este tipo de ninho é de um formato paralelepípedo rectangular com um buraco redondo ou em meia-lua adaptado ao tamanho da espécie por onde a mesma entra, estes podem ser feitos de vários materiais: madeira, corda, verga, palhinha e nos últimos anos apareceram nas lojas de especialidade ninhos em plástico.

As matérias naturais são muito importantes para que a ave se sinta motivada a construir o seu ninho, este deve estar sempre a sua disposição até que o mesmo seja finalizado, a sua construção fica a cargo do macho a fêmea ocupa-se dos retoques e acabamentos.
Em cativeiro deve-se procurar fornecer uma variedade alargada de materiais, visto que as aves estão impossibilitadas de escolher, nas lojas de animais já é possível encontrar pequenos pacotes/caixas com misturas diversas para ninhos.


Em muitos caso o criador na altura da construção pode dar uma ajuda, basta fazer com um pouco de material uma pequena taça e colocar dentro do ninho, deste modo ajuda as aves menos experientes neste processo.


Atenção: Há algumas aves exóticas que preferem os ninhos abertos tipo canário, sempre que as aves em cativeiro não escolherem um ninho fechado para dormir ou criar, experimente um ninho de canário muitas das vezes resulta, são manias.


Dica:
Colocar repelente antes no ninho (Acariaves) ou outros, assim previne o aparecimento desta PESTE (ÁCAROS), estes podem dizimar qualquer criação. Os ácaros têm um aspecto de um pequenino "piolho" vermelho, esta coloração advêm da sua alimentação, sangue. No caso dos pais pode ocorrer a sua morte ou abandono dos ninho e as crias morrem em muito pouco tempo (horas) por anemia, os ácaros vermelhos atacam sempre durante a noite, durante o dia estão escondidos nas palhas do ninho que estão quentes e em outros locais (poleiros, juntas das grades etc.) Estes bichinho reproduzem-se em proporções de epidemia.
Se reparar numa ave que se cata consecutivamente e espaneje com muita frequência na altura do choco e não se sente cómoda no ninho, se as crias ficam anémicas e morrem esbranquiçadas deve estar a alerta.
Sempre que adquiri aves novas faça se poder uma quarentena as mesmas, só depois junte as suas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário